quinta-feira, 2 de junho de 2011

Nosso amor filial a Virgem Maria, Mãe de Deus



“... Nossa devoção filial a Virgem Maria e sua proteção reiteradamente implorada acrescentam nossas forças para imitar animadamente seu exemplo de fidelidade”.
CC. 53
 
Sustentadas por este amor filial a Virgem Maria e, sentindo-nos parte da família escolápia, durante o mês de maio deste ano de 2011, mês dedicado especialmente à Mãe de Deus e nossa Mãe, nossa Comunidade Maria Mãe de Deus e o Noviciado rezou por intercessão de Maria, sob os seus diversos títulos, por cada uma de nossas irmãs, em cada um dos 20 países onde nos fazemos presentes. Para fortalecer ainda mais esta corrente de oração, no dia 31 de maio, Festa da Visitação de Nossa Senhora, em união com todas as Irmãs das Comunidades Nossa Senhora Aparecida, São José, Paula Montal e, com Irmãs representantes da Comunidade Nossa Senhora de Oliveira, São José de Calasanz e Nossa Senhora das Escolas Pias (Guiné-Bissau), realizamos no momento de Ação de Graças da Eucaristia a coroação a Maria.
Com muita devoção fomos introduzidas com a seguinte reflexão:
“A Igreja nos recorda que o Filho de Deus se encarna e é acolhido no seio de uma família humana. Maria o recebe em seus braços, sob o olhar de José. A presença de Jesus veio santificar a família, realidade sempre querida por Deus.
Senhor, fazei que nossas famílias biológicas e religiosas, a exemplo de Maria sejam comunidades vivas, cumprindo a missão do povo de Deus, que é receber o amor de Cristo e transmiti-lo aos irmãos.
Nosso olhar deve se voltar para a Mãe de Deus, Filha predileta do Pai, Mãe do Salvador, Templo do Espírito Santo. Ela nos incentiva a amar a Deus e ao próximo.
No mar da vida, Maria é estrela: aponta o caminho da salvação. Ela é, pelo poder divino, Virgem e Mãe. Vamos confiar a Maria às famílias, as mães que celebramos neste mês, todos os povos, o mundo inteiro. Que Maria, Mãe de Deus e nossa, nos ensine a viver a fé e humildade. Que saibamos obedecer ao projeto de Deus, sem medir sacrifícios, para que Jesus possa viver em nossos corações, em nossas famílias.
Com o terço missionário e, unidas a todas as nossas Irmãs Escolápias de todo Instituto, coroemos a Maria.”

















Com grande alegria podemos dizer: como é belo contemplar teu nome Maria! Como é belo festejar o teu amor! Sabemos que tu és uma só, mas por ser tão próxima de nós, damos a ti títulos, ou melhor, maneiras carinhosas de clamar à Mãe do Salvador.
Neste momento festivo pedimos proteção para todos os missionários e missionárias que, nos cinco continentes, estão se doando a serviço da evangelização educadora. Que este mesmo espírito de doação marque também a nossa vida e a vivência de nossas comunidades.


Tatiane Pastora de Melo Brito – noviça de 1º Ano




video